15 milhões € em ajustes secretos

15 no correio da manhã de 21jun2017

A partir de uma denúncia anónima, o processo «Ajuste secreto» chegou agora à fase das detenções.

O principal arguido, Hermínio Loureiro, foi presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e é vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol. É acusado de ter um esquema de corrupção que movimentou 15 milhões de euros, com empreiteiros e outros autarcas, conseguindo contratos de ajuste direto e um saco azul para ajudar clubes da sua zona.

Para não ficar preso, Hermínio Loureiro tem de pagar uma caução de 60 mil euros.

 

Anúncios

%d bloggers like this: